Ir para o conteúdo
Mulher trabalha em modelo de trabalho híbrido por videoconferência

O que é e como funciona o modelo de trabalho híbrido?

O modelo híbrido mistura trabalho remoto e presencial para oferecer flexibilidade e suporte aos colaboradores. No trabalho híbrido, os colaboradores desfrutam de mais autonomia e equilíbrio entre vida profissional e pessoal e, como resultado, ficam mais engajados. Os empregadores se beneficiam de uma força de trabalho mais produtiva, saudável e estável. 

 

No entanto, o trabalho híbrido não é uma fórmula simples nem uma solução para todas as dificuldades. Hoje ele deve ser implementado estrategicamente e aproveitar as modernas tecnologias de RH que geram conexão, cooperação e engajamento dos colaboradores.

Quarenta e dois por cento dos trabalhadores remotos atuais dizem que, se a empresa não oferecer trabalho remoto a longo prazo, procurarão outra que ofereça. 

 Pesquisa "Pulse of the American Worker"  

O que é modelo de trabalho híbrido?

O modelo de trabalho híbrido combina os trabalhadores remotos com os presenciais, e alguns ou todos os colaboradores podem escolher onde e quando trabalham. O tempo no escritório pode ser distribuído por dias, equipes ou de acordo com a necessidade. De acordo com o Gartner, "onde e quando o trabalho acontece será determinado pelo que faz mais sentido para promover o nível mais alto de produtividade e engajamento".

Diagrama de Venn mostra a relação entre trabalho remoto, híbrido e presencial.

O modelo híbrido não é adequado para todos os setores e locais de trabalho, sendo ideal para colaboradores que trabalham pelo computador, cujas tarefas não precisam ser realizadas no local. Um relatório recente da McKinsey analisou o trabalho remoto que pode ser feito sem perda de produtividade e determinou que "cerca de 20% a 25% da força de trabalho das economias avançadas poderiam trabalhar em casa de três a cinco dias por semana. Isso representa quatro a cinco vezes mais trabalho remoto do que antes da pandemia".

 

O modelo de trabalho híbrido não é um modelo temporário nem uma escala, mas o futuro do trabalho e dos locais de trabalho ágeis e resilientes.

Por que o trabalho híbrido é a norma em desenvolvimento

A migração para o trabalho remoto e híbrido já ocorria muito antes da pandemia, mas, entre tantas outras coisas, a COVID-19 acelerou essa transição. As empresas tiveram de superar rapidamente diversos desafios, desde fornecer as ferramentas certas até a gestão da produtividade e da motivação em um ambiente com equipe dispersa. Porém após alguns meses ficou claro que não havia volta, porque os colaboradores preferiram essa nova forma de trabalho mais flexível.

 

Agora que alguns colaboradores estão voltando à configuração tradicional do escritório pelo menos parcialmente, os negócios podem se beneficiar das lições aprendidas com a experiência de trabalho remoto. O objetivo é projetar um modelo de trabalho híbrido que melhor atenda às necessidades específicas.

 

 

A moderna tecnologia de RH facilita a mudança para o trabalho híbrido e permite coletar, gerenciar e analisar dados de todas as equipes, independentemente do local. A tecnologia dá suporte à integração, ao aperfeiçoamento e à requalificação de colaboradores e, quando usada com eficiência, também oferece aos colaboradores acesso a tudo o que precisam em sua jornada, das ferramentas de colaboração à tecnologia da nuvem.

 

O "novo normal" ideal é o trabalho híbrido e inclusivo em que todos os colaboradores, onde quer que estejam trabalhando, sejam produtivos, engajados, conectados e incluídos. 

Benefícios do ambiente de trabalho híbrido

Com uma abordagem que põe as pessoas em primeiro lugar, o local de trabalho híbrido aproveita as vantagens da evolução da tecnologia de RH e se torna flexível, ágil e produtivo. De acordo com o Gartner, "em organizações típicas nas quais os colaboradores trabalham 40 horas por semana no escritório, somente 36% deles tinham alto desempenho. Quando se passa desse ambiente para outro com ampla flexibilidade em que os colaboradores escolhem onde, quando e quanto trabalham, 55% deles têm alto desempenho".

 

  1. Aumento da produtividade dos colaboradores: Vários fatores contribuem para promover a produtividade – mais autonomia para escolher horário e local de trabalho; menos interrupções em casa do que no escritório; reutilização do tempo de deslocamento; e a oportunidade de ir ao escritório quando for melhor a colaboração presencial.
  2. Redução de custos indiretos: As empresas estão examinando a estratégia e as oportunidades imobiliárias para reduzir a área de escritório ou levar a sede para cidades menores e diminuir os custos indiretos. O colaborador em trabalho híbrido tende a se engajar mais, o que reduz o custo e a rotatividade. 
  3. Melhor experiência do colaborador e equilíbrio entre vida profissional e pessoal: Com mais flexibilidade e autonomia, a satisfação e a felicidade no trabalho aumentam, o que melhora o desempenho profissional e o bem-estar geral do colaborador. O foco integrado no equilíbrio entre vida pessoal e profissional torna o trabalho híbrido bem-sucedido.
  4. Mais segurança e distanciamento social: Com a previsão de que as variantes da COVID-19 serão uma ameaça constante, o modelo de trabalho híbrido permite que o escritório seja projetado para enfatizar a segurança e a higienização. Escalonar quem está no escritório a cada momento permite mais limpeza e distanciamento social e facilita o rastreamento dos contatos quando houver necessidade.

 

A tecnologia também ajuda a reduzir o risco à saúde ligado à pandemia. Por exemplo, "os sensores da Internet das Coisas (IoT) podem contar o número de pessoas em um edifício para limitar a ocupação e também podem identificar as mesas que precisam de higienização com base na frequência de uso. Segundo a Forbes, a inteligência artificial (IA) é capaz de analisar esses dados e identificar os espaços que maximizam a segurança no trabalho, além de estudar a planta-baixa dos andares para implementar o distanciamento social automático e reduzir os pontos de contato”

Desafios da gestão de equipes híbridas

Cada organização enfrentará desafios um pouco diferentes para criar um modelo bem-sucedido de trabalho híbrido. Abaixo estão alguns desafios comuns enfrentados pelos líderes de equipes híbridas:

  • Desenvolver o modelo híbrido certo: Como são poucos os modelos estabelecidos de trabalho híbrido, cada empresa deve projetar e desenvolver um modelo específico para suas necessidades. Essa abordagem também precisa ser iterativa, pois diversas combinações e tecnologias serão testadas até encontrar a melhor opção para a situação e cultura típicas da empresa.
  • Mais risco para a segurança: À medida que as empresas avançam para modelos híbridos, a segurança continuará a ser uma preocupação. Com os colaboradores trabalhando em casa, com rede e dispositivos próprios, os departamentos de RH e TI precisarão se concentrar na formação e na segurança do usuário final.
  • Gestão de pessoas eficiente: Na força de trabalho híbrida, os gerentes devem garantir que os trabalhadores presenciais e remotos tenham a mesma exposição e oportunidade, com avaliações baseadas no resultado e não no processo de trabalho. É importante assegurar que os membros remotos da equipe não se sintam isolados nem invisíveis e que estejam sujeitos às mesmas expectativas e responsabilidades dos colegas no escritório.
  • Isolamento e desconexão dos colaboradores: As equipes de RH terão de fazer os colaboradores se sentirem conectados em qualquer lugar e a qualquer momento. Desenvolver oportunidades para um "cafezinho virtual" em que os colaboradores interajam e se conectem em ambientes não físicos será fundamental para criar um ambiente saudável de trabalho híbrido, assim como usar a tecnologia para avaliar a força de trabalho e corrigir o rumo quando necessário. 
  • Criação da conectividade perfeita: Para evitar silos, disparidades e perda de conhecimento, as empresas precisam desenvolver conectividade sem barreiras para que as equipes híbridas se comuniquem com rapidez e eficiência. Manter uma cultura empresarial dinâmica deve ser a meta intencional no modelo de trabalho híbrido.

Conecte a força de trabalho remota

Saiba como conectar a força de trabalho remota e fortalecer a cultura corporativa.

Melhores práticas do trabalho híbrido

Em 2020, a mudança para o trabalho remoto foi abrupta e provocada pela necessidade, mas agora as empresas podem ser mais intencionais na abordagem de como trabalhar. De acordo com a Forbes, "o trabalho híbrido tem como objetivo possibilitar o máximo possível de produtividade sem demandar de nossos colaboradores muito tempo pessoal, sacrifício e capacidade de controlar a jornada". 

Entre as melhores práticas para desenvolver um modelo eficaz de trabalho híbrido estão:

  1. Obter previamente a adesão dos colaboradores
    • Comunique-se de forma frequente, antecipada e transparente
    • Transmita com clareza o valor do modelo escolhido
    • Capacite os gerentes a responder às perguntas das equipes
  2. Investir nas ferramentas, na tecnologia e nos equipamentos certos
    • Adote ferramentas de produtividade e comunicação habilitadas para todos os dispositivos, inclusive dispositivos móveis
    • Forneça equipamento para o trabalho seguro e saudável em home office, como monitores grandes, cadeira ergonômica e mesa para uso em pé
  3. Concentrar-se na experiência do colaborador e manter uma cultura positiva e engajada
    • Obtenha o feedback dos colaboradores com ferramentas de escuta e ações demonstrativas
  4. Realizar check-ins constantes da equipe e reuniões sobre avanço na carreira
    • Utilize tecnologia que permita videoconferências
  5. Oferecer oportunidades de formação contínua para colaboradores e gerentes
    • Divulgue as oportunidades de aprendizagem e desenvolvimento disponíveis em toda a organização
    • Ofereça ótimo conteúdo de aprendizagem em várias modalidades para atender a diversas necessidades
  6. Acompanhar as metas e métricas de desempenho

Transição para o modelo de trabalho híbrido

No local de trabalho do futuro, os colaboradores se integrarão facilmente às equipes híbridas, independentemente da localização física. Tudo começa com a montagem de uma boa estratégia de comunicação e planejamento para eliminar silos e criar um local de trabalho conectado.

 

De acordo com o artigo do SAP SuccessFactors Oito meta tendências que afetarão os recursos humanos em 2021, “o sucesso envolverá mais integração entre a tecnologia de RH e o software de produtividade da força de trabalho”.

 

Os líderes de RH precisam de um conjunto complexo de ferramentas inteligentes para o recrutamento, a integração e o engajamento, além dos sistemas e ferramentas necessários para a produtividade, a eficiência e a resiliência da equipe remota. O local de trabalho híbrido que adotar serviços baseados na nuvem, infraestrutura de segurança mais robusta e ferramentas de colaboração aprimoradas estará mais bem preparado para atender às expectativas dos colaboradores e trazer resultado financeiro.

Explore soluções de RH modernas

Apoie a força de trabalho híbrida de hoje com o SAP SuccessFactors HXM Suite.

Newsletter SAP Insights

Assine ainda hoje

Receba insights importantes assinando nossa newsletter.

Leitura adicional

Voltar ao início